As repartições consulares albanesas possuem atribuições específicas, que visam prestar auxílio emergencial aos albaneses residentes, domiciliados ou em trânsito no Brasil.

Além disso, buscam satisfazer às necessidades notariais e documentais mínimas, a fim de que os cidadãos albaneses possam estar no pleno exercício de seus direitos como cidadãos. Entretanto, limitações de ordem legal impedem que determinados serviços sejam prestados, já que escapam à competência do Ministério das Relações Exteriores da Albânia, ou dependem de uma série de requisitos prévios, que o serviço consular não está em condições de atender.

Assim, o consulado não poderá fornecer certos serviços, documntos, certidões, atestados, carteiras, títulos, diplomas e declarações.